Press "Enter" to skip to content

3 coisas que aprendi no Masterclass de Linkedin da Flavia Gamonar

0

Assim que me tornei usuário do Linkedin, comecei a observar que a professora Flávia Gamonar sempre aparecia em minha timeline. Uma simpática moça com expressão facial forte e artigos interessantes.

Me recordo do primeiro artigo da Flávia que li, cujo título é “O efeito manada, as janelas quebradas e a coragem virtual coletiva na internet”. Um artigo bom é aquele que além de possuir uma leitura gostosa e enriquecedora, vem no momento certo. E naquele dia tudo que eu pensava era como retomar o crescimento da minha empresa. A parte que mais me impactou foi a experiência realizada na Universidade de Stanford, que deixava dois carros idênticos na rua, um deles na zona pobre e outro na zona rica da cidade de Nova York. O da zona pobre foi imediatamente vandalizado, e o outro que estava intacto após uma semana, bastou a equipe que fazia a experiência quebrar uma das janelas, que o carro passou a ser destruído imediatamente. Na mesma semana, passei a reformar e zelar por todas as minhas empresas.

Posso dizer que aquele artigo impactou demais os meus resultados e a partir daquele momento, passei a ler e acompanhar o trabalho da competente professora. O tempo foi passando e sua ascensão na plataforma Linkedin era notória. A cada dia seus artigos e publicações tinham mais engajamentos e o número de seguidores crescia na mesma velocidade que seu conteúdo. Até que um dia, um ano depois do primeiro contato, aparece novamente em minha timeline a professora Flavia com um post comentando sobre sua viagem para Áustria, e seu novo cargo na plataforma – instrutora oficial LinkedIn Learning.

Sempre encontrei muita dificuldade em manejar o Linkedin. Acostumado com Facebook e Instagram, onde cheguei a quase 170.000 seguidores, ficava muito frustrado com meu mau desempenho. Decidi que precisava fazer algo e aprender definitivamente como extrair o máximo de benefícios oferecidos pela plataforma. O que me seduz, é poder participar e dominar uma rede social, cuja a missão é: conectar os profissionais do mundo para torna-los mais produtivos e bem-sucedidos. Para um empreendedor do franchising que precisa encontrar talentos para compor a equipe e franqueados no perfil para expandir corretamente a rede, isso deixa de ser um capricho e se torna vital.

Após trocar alguns e-mails, esclareci algumas dúvidas e fiz a minha matrícula para a Masterclass da Flávia Gamonar. Desde o momento da matrícula eu sabia que o curso seria especial, conhecer pessoalmente uma pessoa que havia conseguido me impactar de maneira virtual, já seria de grande valia. Mas, o que é bom na primeira impressão, pode melhorar muito no momento da ação. E foi exatamente o que aconteceu!

Dentre as surpresas positivas e conhecimentos adquiridos no curso, separei 3 coisas que foram importantes e que acredito ter sido minhas principais lições.

1-    Esqueça o amadorismo, se você quer ficar bom em alguma coisa tem que se tornar profissional.

Durante todo o dia do treinamento, foi enfatizado a preocupação com os detalhes, desde a formatação mais complexa de um artigo até o pessoal branding. Recebemos por muitas dicas e no fim, a minha assessora, que também foi no curso, havia escrito 14 páginas com dicas e aprendizados do dia. A complexidade inicial da ferramenta sucumbiu ao conhecimento e aquilo que parecia um bicho de sete cabeças ficou simples e intuitivo. Dedicação aos conteúdos produzidos irão fazer toda a diferença para profissionais que buscam conquistar seguidores e alcançarem o status de influencer no Linkedin.

Já aqueles que buscam encontrar oportunidades de trabalho ou ser encontrados por headhunters, a dedicação no preenchimento completo das informações, devem ser o ponto alto.

Não espere aprender tudo que normalmente levamos anos em apenas um dia, mas posso dizer que aprendi como aprender Linkedin. A redundância que usei na frase passada foi proposital para mostrar a importância de buscar constantemente aperfeiçoamento naquilo que sabemos. Na mudança de era que estamos presenciando, basta alguns dias sem aprender e tudo que você sabe fica ultrapassado e obsoleto.

2-    Não existe almoço grátis, se você quer relevância, tem que pagar o preço.

Se o seu objetivo com esse curso for conseguir uma fórmula mágica para o sucesso, guarde o seu dinheiro pois não irá encontrar. Uma das virtudes que me fizeram ter identificação imediata com a professora e valorizar o aprendizado do dia, foi a sua sinceridade em tempo integral. Durante todo o dia fomos orientados a pensar e trabalhar visando o longo prazo, com constância, qualidade e aperfeiçoamento contínuo. Bem diferente das ofertas que são evidenciadas por “Gurus do marketing digital”, onde as promessas são irresistíveis e as frustrações quase uma unanimidade, salvo um pequeno grupo, no masterclass fica claro a necessidade de galgar cada degrau, dia após dia. Outra importante dica foi para a possibilidade real de acessarmos qualquer pessoa através do Linkedin.

A palavra de ordem na plataforma é CONEXÃO. Entre com ênfase em se conectar, em gerar valor e esqueça momentaneamente do seu objetivo final. Sempre que cuidamos de nosso marketing pessoal e de nossa apresentação no mundo virtual, as oportunidades se apresentam constantemente.

Como dizem as aeromoças, você já sabe mas não custa lembrar:

– Linkedin não é miojo, se você quer que fique pronto em 3 minutos, esqueça!

– Seu perfil é sua identidade digital, cuide dela com carinho

– Escolha assuntos que você domina para escrever ou gravar vídeos

– Seja educado, ético e mantenha os seus valores

– Ignore os haters, cedo ou mais tarde você terá os seus

– Escolha conexões que façam sentido para você se relacionar

– Para postar ou escrever bobagens, use o Instagram e Facebook

– Seja perseverante e se dedique pelo menos 15 minutos por dia

– Não espere milagres, a ferramenta pode até te aproximar dos objetivos, mas a conclusão depende exclusivamente de sua capacidade.

Esse é o preço que precisamos pagar em qualquer fase do empreendedorismo e bastaram alguns minutos com a Flávia para eu perceber que além de uma profunda conhecedora dos detalhes de uso da plataforma, ela é uma empreendedora nata, que está fazendo com honra ao mérito a sua carreira decolar.

3-    Nada substitui as conexões reais, conhecer gente legal é o melhor aprendizado que tenho.

De todos os aprendizados gerados nos cursos, nenhum conhecimento é mais enriquecedor do que as possibilidades de netoworking que fazemos entre os alunos. Normalmente pessoas que possuem um interesse comum são mais propensos a fazer conexões que geram negócios e oportunidades.

Vale a pena fazer o curso da Flávia Gamonar?

Definitivamente SIM!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Vinicius Almeida Carneiro

CEO Evolute Profissionalizantes e Idiomas

Deixe seu comentário